AOS HOMENS


Convido todos os homens, os medrosos, machões, ditadores, os sensíveis, os gays, os enrustidos, os héteros, os comuns e os diferentões, os bissexuais, os primitivos, os vaidosos e os assexuados, os abusados e os abusadores, os fanáticos e os espirituais, os ateus, os homens internos dentro das mulheres também e os transsexuais, os que tem a coragem de assumir que ainda não sabem o que são e os que já acham que sabem... . Convido as energias masculinas deturpadas ou as minguadas, as impositivas e tóxicas, os homens anulados, os fujões e os crianções, os birrentos competidores treinados para as relações pelos vídeo-games sangrentos e jogos de futebol, pela inveja dos colegas "comedores", pelo pânico de talvez descobrirem que são "viadinhos" como o mais zoado da turma ou simplesmente os que tem fragilidades confundidas ignorantemente com homossexualidade, os filhinhos treinados pelo orgulho declarado de pais doentes que ainda se gabam da macheza dos filhos e os violentam emocionalmente assim, para serem “homens”… . Convido os homens zombadores, os machistas e os sacerdotes, os que fazem "troca-troca" ou desejam isso escondido, os celibatos, os que se orgulham de ver filmes pornôs e cantar mulheres na ruas, mas disfarçam a ejaculação precoce e o desconhecimento do próprio corpo e do da mulher, os que desconhecem a própria masculinidade por se amarrarem ao rótulo e o compram para disfarçar seus medos.

. Os "heróis" que carregam o mundo nas costas e descarregam covardemente suas frustrações sobre mulheres e crianças como odiavam ver o pai fazer no passado... . Os que violentam o próprio corpo com as “leis bíblicas” sob um pretexto de fé, ou com drogas, promiscuidade, musculação compulsiva e outras fugas de si mesmos para não encararem o fato de que ainda tanto se odeiam e se desconhecem... . Talvez temiam perceber que quanto mais fogem do passado mais ficam obsessivos em repetir os abusos que viram e sofreram e o descaso do próprio pai ou da mãe que também não receberam coisa muito melhor dos avós…

Não percebem que o ódio silencioso ou declarado que dedicam aos país por mais justificável que pareça, está sendo destilado contra si mesmos e nos matando, uno que somos. . Convido os homens abusados por mulheres tóxicas, também feridas e amarguradas por tantos abusos, por mães narcisistas, super protetoras e até por parceiras que projetavam nos companheiros suas carências e negações de si mesmas em vínculos destrutivos e dependências compulsivas com manipulações e chantagens emocionais. . Convido até os estupradores, não para lhes dedicar dó ou impunidade, mas por uma vacina de consciência. Aqueles que talvez, tão tragicamente, contaram ao mundo o que também sofreram na infância fazendo hoje novos crimes-sem-perdão e ferindo inocentes como lhes feriram um dia quando também eram inocentes… . Me perdoem esta menção quem se sentir ofendido, pois a guiança por uma dor traumática, sede de justiça ou vingança talvez ainda não te permita me compreender e eu te respeito e acolho. Somente uma mente mais liberta de extremos é capaz de pensar em prevenção e olhar mais a fundo. Que nenhum dos aprofundamentos sugeridos aqui sejam usados erroneamente para enfraquecer decisão de denúncia, como justificativa para abusos injustificáveis, mas nem por isso indiscutíveis. . Talvez nunca investiguem ONDE se aprendeu a violência que expressam hoje, pois é mais catártica a falsa segurança e alívio sádico de saber que serão estuprados numa prisão também. Então também por isso, as mães se omitem e encobrem maridos, filhos e irmãos abusadores triplicando as cargas das vítimas. Um tiro no pé e no coração que nos une. Então, estupradores justiceiros se orgulham, se sentem mais machos e santos como um "ladrão que rouba ladrão", que não é menos ladrão, ainda que um ditado tolo te programe para pensar o oposto e a sociedade hipócrita se sente mais cristã enquanto se nega a se curar e olhar para dentro. Se você sente alívio em pagar o mal com o mal, tenha a coragem de perceber, assumir e curar o estuprador que lhe habita e já te fere em silêncio, seja você de qual sexo for, há um mulher ferida em ti também. . Porque não ensinaram os abusados antes, ao perceberem seus sintomas e indícios, a se ouvirem, expressarem e transformarem amorosamente os próprios sentimentos e impulsos nocivos quando estes ainda eram um raminho crescendo? Preferem não falar sobre sexo e abuso em contexto educativo e preventivo dizendo que é incentivo à promiscuidade e assim convidam mais crimes resultantes da repressão e omissão, até perceberem que seus filhos pagarão a conta por mais este fanatismo. Talvez um futuro estuprador é regado assim, lhe fazendo vista grossa, dizendo aos meninos pra engolirem o choro e provarem que são machos e decididos, "com atitude", percebe? . Venham homens e vejam esta roda de homens de mãos dadas, isso não é teatro, culto, nem darkroom, venham sentir e perceber esta coragem gradual de tocar as próprias feridas para se curar. Quem diria q pode existir acolhimento genuíno entre homens? Talvez o acolhimento e o impulso para a vida que deveria ser a lembrança do nosso pai e não o grito, a pensão não paga ou a cinta estalando que hoje tantos tentam perdoar ou apagar dentro de si, mas ainda se vêem repetindo contra quem amam, assim como contra si mesmos. . Venham e sintam o alívio de saber que masculinidade sudável existe sim, estes novos homens conscientes estão se multiplicando e são um convite para que você se autorize também a este acolhimento, a experimentar desenrijecer as carapaças q tanto pesam e oprimem. . Elas se dissolvem em seu próprio abraço em si e enfim, se esvai o ódio antigo por não poderem demonstrar a própria amorosidade livremente sem serem abusados e ridicularizados justamente por quem tanto confiavam…

ESCUTEM:

Estes homens em roda, se ouvem sem julgamentos como seus pais talvez nunca os ouviram e nem eles mesmos antes, eles desaguam seus sentimentos represados de forma segura e saudável, descobrem que tiveram traumas e consequências tão semelhantes entre si e nunca se disseram ou ouviram antes, nem mesmo entre irmãos e amigos… . São homens que, independente da orientação sexual, estão relembrando a forma saudável de se olharem humanamente nos olhos uns nos outros, sem ostentar máscaras, se abrem para um abraço de corpo inteiro sem temer uma atração sexual entre si ou abusos, estranhamentos ou agressões, pois se respeitam e escolhem o fato de se perceber em fim, se reconhecem um no outro e se celebram... . Eles tem voz suave e sorriso genuinamente acolhedor sem esforço ou estratégias para convencer ninguém. Talvez não estejam entendendo tudo ainda, mas emanam o alívio de segurar a mão de um irmão sem ter que engrossar a voz, empinar o peito ou ter que estar sempre ressaltando que seu negócio é mulher! . Venham homens até este abraço acolhedor de Pai ou de Irmão, ao recebê-lo você o destina aos seus filhos e à sua própria criança ferida, seja você mesmo o seu pai e cure o filho que você foi um dia, talvez ainda grita aí dentro, há auxílio disponível, venham e se banhem no amor incondicional que emana de seus próprios corações. A fonte nunca se secou, mas buscava brechas por entre a rigidez que nos ensinaram a construir para se proteger e marcar território… . Venham homens redescobrir dentro de vocês a consciência sagrada dos seus próprios sentidos e emoções que este mundo bizarramente "fálico" e suicida os privou de reconhecerem em si, em seus corpos mutilados pelos machismo. Como poderiam partilhar com alguém a amorosidade e delicadeza que nunca aprenderam a se dar? . Cheguem velados pelas mães, irmãs, esposas e filhas que merecem o seu amor e a cura das relações até a quarta geração, escorrendo sobre a Terra que sabe bem como germinar e parir uma nova consciência…

. A Terra é mulher e anseia receber mais energia masculina consciente e amorosa de homens e mulheres que se reconhecem nela e ela em si. . Venham dissolvendo os bloqueios pelo simples fato de olhá-los, integrar e soltar... . Entrem na presença! Toquem o sino e subam sem pressa, sem medo ou pressão, cada passo neste espaço é o caminho que também se abre em ti mesmo, então respeite, ame, como se o corpo no qual penetra fosse o seu mesmo e sempre foi! Entende?! . O ato sexual é pura comunicação e não há diálogo sem fala e escuta intercaladas entre os corpos, da falada e expressa até a mais sutil. Se você não sabe SE ouvir, não saberá ouví-la. . Conecte-se à própria alma pela chave da tua respiração e com ela iluminando o caminho acolha quem te acolhe, subam juntos, aperte as mãos e também receba tua parceira adentrando docemente em seus espaços etéricos, até tornarem-se unos, deixe ir o que não serve mais, com gratidão até ser limpo e purificado este canal, banhado pelo sétimo plano do amor incondicional. . Se permita elevar-se até o divino sem tirar os pés do chão e devagar retorne à matéria onde tua consciência anota hoje a experiência nos livros do DNA. A matéria nunca se separa enquanto te aventuras pelo universo que nos habita, abriga e somos… . Estes homens também tem medos e fracassos porque são reais, mas se acolhem e recomeçam com zelo quantas vezes precisar. Cansaram-se de fazer tipo e contar vantagem enquanto, no fundo, sofriam em silêncio... . Abdicaram os privilégios da coroa em brasas antes ostentada que lhes impuseram como privilégio e cruel obrigação. Estão acolhendo a criança interior machucada, muitas vezes negada no passado até pela própria mãe ferida e cansada que os ensinaram a amar assim com dor. Eles estão tendo a coragem de buscar e perdoar aquele pai orgulhoso, irresponsável e deprimido para não repetirem os erros com os netos e receberem a potência ancestral que lhes é de direito.

Ao retornarem do abismo, voltam com o lado feminino curado de mãos dadas aos masculino, são dois lados da mesma moeda. Eles não tem tempo para mulheres dominadoras ou vitimistas que lhes cobram alta performance, brutalidade ou subserviência, jogos de dominação, ou os envolvem manipulando pelo sexo, auto sacrifícios e autoanulações voluntárias ou autômatas. . Assim como as mulheres empoderadas, eles também aprendem a dizer não sem culpa quando é não, mesmo em estado vulnerável e amoroso, sem temer adjetivos depreciativos que os mantinham em linha reta até o matadouro. O lado feminino dos homens curados também é uma deusa agora e nada tem a ver com as vítimas representadas nas mulheres que os atraiam antes, seu masculino é sagrado, um guerreiro, um deus e tentar ocultá-lo seria em vão! . Venham homens de todos os tipos, não somos melhores do que as mulheres e nem uns do que os outros, nem nos distraímos atiçando os hormônios da competição pra mascarar as nossas dores e mazelas. . Nesta roda, comungamos o Todo que somos, contemplamos nosso reflexo um no outro, nossa dor ou beleza e força, nos perdoamos e no colo do amor incondicional derretemos nossos medos e julgamentos, assistimos nossa versão mais bruta se sensibilizar até que a forma divina do Ser venha a emergir e nos devolver o direito de Ser o que sempre fomos: homens fortes e amorosos reverenciando o feminino e honrando nossa essência, como o cálice sagrado de onde nasce a vida. . Desbravando o análogo "infinito que somos", transmutando os paradigmas pela ousadia subversiva do amor latejante a pulsar, não mais da luta. O amor falicamente a crescer como árvore viril e robusta que também sabe acolher, florescer e dançar entre os ventos, se erguendo em direção aos céus para nutrir-se da pura luz sem negar ou temer suas raízes profundas ou a própria sombra proporcional à sua altura e que refresca a terra e abriga os andarilhos de si.

06/09/2019 Roni Diniz

Este texto foi inspirado em percepções e pesquisas pessoais, na escuta de algumas mulheres e amigas empenhadas na cura do sagrado feminino e de homens nos círculos para homens com @masculinidade.saudavel e com @agni.dialogo_masculino. . Artes Principais: @miguel_anselmo “Mantenha-se na linha” 2020

Fotos: What ‘Real’ Men Cry Like https://www.thealternativeviewfinder.com/blogposts/whatrealmencrylike

Gratidão profunda por sua visita. Assine e receba um lembrete de cada nova postagem no seu e-mail!

POSTS RELACIONADOS

Como é o seu "lado Pai" consigo mesmo?

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2019/08/27/Como-%C3%A9-o-seu-lado-Pai-consigo-mesmo

Um Bonde Chamado Estupro

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2017/01/23/Um-bonde-chamado-Estupro

Machismo e Sagrado Feminino: Diário da Performance Sopro de Vida

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2017/12/08/Machismo-e-Sagrado-Feminino-Di%C3%A1rio-da-Performance-Sopro-de-Vida

Compulsiva dó do agressor e culpabilização da vítima. Descriar!

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2019/06/14/Compulsiva-d%C3%B3-do-agressor-e-culpabiliza%C3%A7%C3%A3o-da-v%C3%ADtima-Descriar

Quase corri da roda de homens pela masculinidade saudável!

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2019/09/20/Quase-corri-da-roda-de-homens-pela-masculinidade-saud%25C3%25A1vel

Jesus Cristo, o Macho Alpha

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2019/12/28/Jesus-Cristo-o-Macho-Alpha

O viés da sabedoria integrativa do coração

http://www.ronidiniz.com.br/single-post/2018/07/28/O-vi%C3%A9s-da-sabedoria-integrativa-do-cora%C3%A7%C3%A3o


0 visualização

© 2016 Roni Diniz . Ator, Fotógrafo e Designer Gráfico.