Círculos de Homens podem curar?



Cada vez que eu estou num círculo de homens eu recebo tipos de curas profundas que nem sei conceber! E vou integrando depois. Escrever me ajuda a elaborar.


Ontem (31/03/22) quando nos despedimos e desligamos o a plataforma Zoom eu fiquei um bom tempo num choro copioso.


E me permiti, mesmo sem compreender o que tava rolando comigo, então me passava os rostos destes homens do círculo, alguém tinha comentado como era bom apenas ficar olhando os rostos em silêncio, todas idades, raças e orientações sexuais diferentes, de repente lá aparece um amigo que fez parte do meu despertar espiritual (o @fred.narendra.arte.terapia com a Balada Terapêutica de 2015-16 na saudosa Casa Jaya em Pinheiros, São Paulo, veja uma das minhas artes de um dos dias desta vivência)!


E quem quis, ali pôde falar sem medo de ser julgado, o primeiro deles era um homem gay e falou sobre estar vivendo um romance especial, sentiu o grupo vibrar com ele, o outro hétero, passou por uma sequência de tragédias pessoais inclusive a barragem de Brumadinho, filho doente e ainda um divórcio, desabafa e recebe palavras de apoio.


Um ator que está ansioso se sentindo inseguro para realizar um trabalho que vai fazer apesar de ser competente para isso...

O outro e depois tantos outros no desafio de integrar as sombras e assumir sua totalidade sem culpa…


Um que integra em tempo real a cura de perceber que aspectos que sempre negou no pai teriam salvado seu último relacionamento, e agora “tomando seu pai” (nomenclatura advinda da Constelação Familiar), espera a primeira filha mulher nascer…


Então percebo agora enquanto escrevo que estou chorando porque estou tendo que olhar do outro lado desta luz a sombra do masculino que cresci vendo tão oposto a tudo isso e que também me habita.


A sombra dos homens competitivos que aguardam um deslize do outro para zombar e depreciar, pois é assim que aprendeu a aliviar sua dor, eis a minha família!


Os homens abusadores que emocionalmente ou psicologicamente magoaram minha criança cada vez feriram as mulheres que eu amava e queria proteger em vão…


O reverb desta sombra infantil nos meus relacionamentos de hoje e o abraço que dou de novo no meu Roninho (criança interior).


Eu tenho que admitir que sou um galho desta árvore e, de novo lembrar, que salvo algumas exceções, todo abuso vem de uma ferida que alguém não pôde ou não quis ainda tratar seja o feminino ou masculino. Então ao ver estes homens corajosos tão diferentes daqueles que se sabotam e fingem que não vêem: Perceber que somos todos um só e talvez estes homens que se curam hoje também sejam o futuro dos homens que ainda latejam em nós como uma ferida aberta…


Assim como é o passado de alguns aqui.


Se a porta continuar aberta e houver quem ouse chegar…


Eu vou olhar nesta direção, das mulheres e homens que me curam junto enquanto aprendem a se amar! Pois de olhar e remoer as dores eu já conheço bem os efeitos.

Quem sabe exista alguém olhando também para mim, se curando enquanto eu me amo e se não houver, o caminho continua a ser percorrido e é sempre para frente e adiante.


NOTA:

Os círculos acontecem geralmente uma vez por mês, a contribuição é voluntária e divulgação é feita pelo Instagram @portalmundohomem.





O que são círculos de homens?


"Os círculos de homens são uma prática recuperada da antiguidade com grandes benefícios psicológicos.

No passado, era comum reunir-se ao redor de uma fogueira para compartilhar histórias, resolver problemas, receber conselhos, aprender, expressar medos, etc. Atualmente, são muitos os homens que encontram nestas dinâmicas um espaço seguro para ouvirem e serem ouvidos pela primeira vez." (https://amenteemaravilhosa.com.br/circulos-de-homens-beneficios/)


Arte: Jana Euler



Gratidão por sua visita aqui, volte sempre!


POSTS RELACIONADOS


Sobre o 1º Círculo de Homens que eu fui em 2018: "Quase corri da roda de homens pela masculinidade saudável!":

https://www.ronidiniz.com.br/post/2019/09/20/quase-corri-da-roda-de-homens-pela-masculinidade-saud-c3-a1vel

Como eu lidei com a depressão

https://www.ronidiniz.com.br/post/2019/04/29/como-eu-lidei-com-a-depress%C3%A3o

Performance HOMENS - Diário de Bordo

https://www.ronidiniz.com.br/post/2018/04/13/performance-homens-di%C3%A1rio-de-bordo

Machismo e Sagrado Feminino: Diário da Performance Sopro de Vida

https://www.ronidiniz.com.br/post/2017/12/08/Machismo-e-Sagrado-Feminino-Di%C3%A1rio-da-Performance-Sopro-de-Vida


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Encunciado.jpg